Brasília

Bondage para apimentar o sexo

Por Redação Doutíssima 09/02/2015

bondage é a prática de amarrar ou imobilizar o parceiro durante o ato sexual. É um jogo de dominação que acontece com o consenso de ambos e se enquadra nas técnicas do BDSM (Bondage, Dominação, Sadismo e Masoquismo).

bondage

Usar cordas para amarrar e dominar o parceiro faz parte de uma prática sexual.

A prática pode – ou não – causar a dor físicadependendo das posições, tipos de nós e material utilizado para amarrar. As ataduras variam conforme a criatividade do “dominador”e podem ser feitas com lenços, meias-calças, gravatas, cintas, braceletes, algemas ou cordas.

Como no Brasil a prática desse tipo de relação sexual é pouco difundida, é mais difícil encontrar cordas fabricadas propriamente para a técnica. Porém, cordas comuns de poliéster são as mais utilizadas por não arranharem a pele.

O ideal é usar cordas mais grossas, entre cinco e dez milímetros de diâmetros para não cortar a pele nem a circulação sanguínea. Fios, barbantes e linhas nunca devem ser usados no bondage.

5 dicas de bondage para aumentar o prazer

No bondage, o dominador pode ser tanto o homem quanto a mulher, embora seja mais comum elas serem dominadasSeja quem for o amarrado, confira cinco dicas para deixar a prática ainda mais prazerosa:

1. Mãos e pés atados

Esta é uma das técnicas mais simples e não exige muita habilidade com nós. Contudo, certifique-se de que seu parceiro está em uma posição confortável e não faça nós muito apertados para não cortar a circulação sanguínea.

2. Use apetrechos

No BDSM, o submisso não pode se mexer ou lutar contra as vontades de seu dominador. Por isso, usar apetrechos simples, como penas, gelo ou lenços vão despertar a sensibilidade da pelee deixar seu parceiro a ponto de bala.

3. Vende os olhos

Vendar os olhos do parceiro vai despertar a curiosidade, deixá-lo ansioso e aguçar outros sentidos. Portanto, vendar os olhos dele, durante o sexo, o deixará mais excitado.

4. Sexo oral

O dominado fica totalmente vulnerável durante a prática BDSM. Usar a língua pode causarefeitos e sensações maravilhosas nele. É essencial o sexo oral durante a prática, bem como chupar e lamber a região das orelhas e pescoço.

5. Shibari

É um método japonês de amarração usado em mulheres que, além de excitante, é visivelmente bonito. Se feito corretamente, ele é capaz de erguer e endurecer os seios da mulher. Além disso, os nós acompanham as curvas naturais do corpo.

bondage2

O bondage deve ser feito em segurança para não causar dor e hematomas.

Cuidados na prática do bondage

bondage é uma prática sexual muito excitante, mas que precisa de certos cuidados. Os principais deles são:

1. Consentimento

Deve haver o consentimento de ambos os envolvidos na prática.

2. Nós

Evite fazer nós que não sejam facilmente desatados.

3. Tesoura

Tenha uma tesoura por perto para eventuais emergências.

4. Limite

Conheça o limite de seu parceiro e jamais o exceda.

5. Segurança

Combinem uma palavra de segurança simples que indique problemas ou dor.

6. Posição

O dominador deve trocar a pessoa submissa de posição a cada meia hora, no máximo.

7. Respiração

Não faça posições que dificultem a respiração.

8. Circulação sanguínea


Tenha certeza
 de que a circulação sanguínea não foi interrompida pelos nós.

Deixe um Comentário Bacana

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *